Historico do prédio

#IMG#

Com a mudança da sede em 2004, o Museu do Homem Sergipano passou a ocupar o edifício que funcionou como sede da Escola de Serviço Social mantida, à época, pela Sociedade Feminina de Instrução e Caridade e, em 1968 foi integrado ao patrimônio da Universidade Federal de Sergipe.

A casa pertenceu à família do Sr. Manuel Correia Dantas (1874-1937), usineiro e político sergipano, que governou o Estado de Sergipe de 05/03/1927 a 16/10/1930.

A edificação integra o processo de modificação da paisagem urbana aracajuana decorrente da Comemoração do Centenário da Independência de Sergipe, celebrado em 1920, época em que chegaram à Aracaju artistas italianos, provenientes de São Paulo e de Salvador, que contribuíram para a implantação do estilo eclético. A Casa é um exemplar que caracteriza este momento da evolução urbana da cidade e foi construída por Hugo Bozzi. É uma construção com um térreo e um pavimentos superior, possuindo neste uma varanda com cobertura de flandres e um alpendre na lateral com o mesmo tipo de cobertura, hoje desaparecido. O bem cultural não é tombado, mas se encontra inserido na área mapeada pelo Plano Diretor de Aracaju, como bem de interesse cultural.

Notícias