Histórico do Museu do Homem Sergipano

Criado em 1976, como órgão suplementar da Universidade Federal de Sergipe, na gestão do Reitor Prof. José Aloísio de Campos (1976-1980), com a denominação de Museu de Antropologia. Por não dispor de sede própria funcionou através da montagem de exposições temporárias que abordavam a temática indígena, afro-brasileira e sobre a cultura sergipana, resultante das pesquisas realizadas sobretudo pela Antropóloga Beatriz Góis Dantas.

Entre 1983 e 1988 foram cedidas no Centro de Cultura e Arte – CULTART, duas salas para a instalação da Sala de Cultura Popular, que abrigou uma exposição permanente sobre a cultura e artesanato sergipano . A sala funcionava como embrião do Museu de Antropologia (MUSA).

#IMG# #IMG#

Em 1988, o Museu foi reaberto em salas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde com a proposta do Núcleo Museológico, ampliando seu espectro de atuação e musealizando pesquisas de outros departamentos da Universidade Federal de Sergipe.

Essa fase foi marcada pela presença da Museóloga Profª Dra. Maria Cristina de Oliveira Bruno do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo, que ministrou cursos na área de Museologia além de ter iniciado as discussões sobre o museu.

Em 1996, na gestão do Prof. Luiz Hermínio de Aguiar Oliveira (1992-1996), foi destinada uma sede institucional e alterada a nomenclatura de Museu de Antropologia (MUSA) para Museu do Homem Sergipano ( MUHSE).#IMG#

Assim, salvaguardando os registros e testemunhos da trajetória humana existente em Sergipe, desde a Pré-História até os dias atuais, o Museu vem cumprindo função sócioeducativa e cultural propondo a disseminação do conhecimento produzido dentro ou fora da UFS e contribuindo para a formação da consciência dos atores construtores da história, fortalecendo assim questões relacionadas à cidadania e à identidade sergipana.

Diretores que geriram o Museu:

Profª MsC Hélia Maria de Paula Barreto

Professora e Antropóloga. Lecionou no Departamento de Ciências Sociais. Diretora da Sala de Cultua Popular, Núcleo Museológico e Museu de Antropologia e Museu do Homem Sergipano.

Profº MsC Luís Alberto Santos.

Professor do Departamento de Ciências Sociais. Diretor do Museu de Antropologia. Atual Subsecretário de Estado do Patrimônio Histórico e Cultural / SUBPAC, órgão da Secretaria de Estado da Casa Civil do Governo de Sergipe.

Profª Drª Terezinha Alves de Oliva

Historiadora e professora do Departamento de História. Atual Superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional / IPHAN – Sergipe.

Notícias